1 de mai de 2014

A visão espanhola da biblioteca em 2020

O Conselho de Cooperação Bibliotecária da Espanha acaba de divulgar um estudo prospectivo sobre a biblioteca em um novo entorno informacional e social. O informe Prospectiva 2020 identificou 10 áreas que sofrerão mudanças nas bibliotecas até 2020:
1.     A gestão das bibliotecas deverá flexibilizar-se e suas atuações deverão integrar-se mais com as finalidades das instituições a que servem;
2.     Incrementar-se-á a cooperação: uma maior cooperação e colaboração ampliará o papel da Biblioteca dentro e fora da Instituição;
3.      Os recursos públicos serão escassos e as bibliotecas deverão encontrar novas estratégias de poupança e financiamento;
4.     Os profissionais deverão ter perfis flexíveis e cambiantes e as bibliotecas necessitarão de pessoal com conhecimentos diversos; a formação deverá ter um caráter unitário;
5.     As bibliotecas devem reforçar sua função de criar comunidades, dotá-las de coesão social e garantir a igualdade de oportunidades ao cidadão no acesso à informação;
6.     Bibliotecas agora ou bibliotecas como terceiro lugar.
7.     Os espaços das bibliotecas não permanecerão como estão, mas serão flexíveis, acolhedoras e sociais;
8.     A educação, a aprendizagem e as habilidades serão a chave da missão da Biblioteca;
9.     Serviços que se adaptam a uma realidade digital;
10.  Estratégias inovadoras para a gestão de fontes e coleções híbridas

O texto completo do documento está no URL:
www.mcu.es/bibliotecas/docs/MC/ConsejoCb/GruposTrabajo/GE_prospectiva/Estudioprospectiva2020.pdf

Nenhum comentário: