14 de out de 2014

Pesquisa sobre acessibilidade em biblioteca pública



O Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) e a organização da sociedade civil Mais Diferenças (MD) deram início em 29 de agosto à Pesquisa Nacional de Acessibilidade em Bibliotecas Públicas.
Desde então, SNBP e MD têm divulgado às bibliotecas públicas de municípios e estados de todo o país, bem como a todos os sistemas estaduais, um formulário de pesquisa online*. Por meio desta ferramenta, os responsáveis pelas bibliotecas são convidados a contribuir com informações sobre os mais diferentes aspectos de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência nestes espaços: arquitetura, acervo, capacitação técnica, atendimento dos usuários, comunicação, sinalização, etc. 
Os dados cadastrais bem como as informações prestadas ficam armazenados em ambiente seguro, sob os cuidados do SNBP, e serão utilizados para a realização do Diagnóstico Nacional de Acessibilidade em Bibliotecas Públicas. A pesquisa ficará aberta até o final deste mês.
Este diagnóstico faz parte de um projeto maior, o Acessibilidade em Bibliotecas Públicas, que construirá e disseminará conteúdos, referenciais, estratégias e instrumentos por toda a rede de bibliotecas públicas do país. Estimulará ainda a articulação e a troca de conhecimento e experiências entre bibliotecas e bibliotecários. Atuará, por fim, de forma transversal no estímulo aos programas, políticas e projetos de ampliação da leitura e valorização do livro no Brasil de forma acessível e inclusiva.
O projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas é uma iniciativa do SNBP, da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura. A Mais Diferenças é a organização definida em edital para executá-lo. Dez bibliotecas públicas brasileiras (duas por região do país, sendo nove estaduais e uma municipal) também participam da ação. Elas ganharão, ao longo de doze meses, capacitação, acervo acessível e outros recursos de acessibilidade que lhe permitirão avançar numa perspectiva acessível e inclusiva.
Ao fim do processo, o projeto fará sugestões de diretrizes nacionais para as políticas públicas de acessibilidade e inclusão nas bibliotecas municipais e estaduais brasileiras.
A biblioteca pública é um ambiente privilegiado para promover o direito da inclusão das pessoas com deficiência, tendo em vista seu caráter de acesso/troca de informações, compartilhamento de experiências e socialização. E o trabalho do bibliotecário é fundamental para que ela cumpra este papel!
Contamos com seu apoio.
Atenciosamente, SNBP e MD.

Contatos / Comunicação:
Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas
Veridiana Negrini maria.veridiana@bn.br
Maiores detalhes no URL: http://snbp.bn.br/

Nenhum comentário: