31 de jan de 2011

15 milhões estudam em escolas sem biblioteca no país

Fonte: O Globo. Data: 29/01/2011.
Autor: Por Demétrio Weber.
Na volta às aulas, milhões de alunos de todo o país vão estudar este ano em escolas onde não há laboratório de ciências, biblioteca, laboratório de informática ou quadra de esportes. O Censo Escolar do Ministério da Educação (MEC) mostra que, no ano passado, a inexistência de bibliotecas era realidade para 15 milhões (39%), enquanto 9,5 milhões (24%). Os dados foram divulgados pelo MEC em dezembro e consideram tanto a rede pública quanto a privada. Falando em nome do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a secretária de Mato Grosso, Rosa Neide Sandes de Almeida, diz que as deficiências na infraestrutura prejudicam a aprendizagem. “Os alunos possivelmente terão um prejuízo significativo na sua formação. Isso com certeza têm consequências para o nível de escolaridade que a gente oferece à nossa população.”
Comentário:
Infelizmente esta é a triste realidade de milhares de escolas sem bibliotecas! Até quando esses milhões de estudantes estarão privados do acesso à uma enciclopédia ou um romance?
Murilo Cunha

2 comentários:

licia disse...

Lícia disse:
A biblioteca escolar é a porta de entrada para o novo leitor. Se não há porta, não há leitor. Não há leitor, não há escrita, nem fala, muito menos, crítica. Ainda que todas as escolas fossem contempladas com bibliotecas, não há atrativos, nem programas de conscientização sobre a influência da leitura na formação do futuro cidadão. A freqüência à biblioteca escolar, hoje, resume-se ao acesso às estantes (sem orientação), castigos, fuga de sala de aula. Em suma: o tédio. Os professores não são preparados para ensinar a magia da leitura. E quantos bibliotecários fazem parte desse universo? Quantos deles estão aptos a revelar os segredos dessa mágica? Novas bibliotecas, sim, mas, acima de tudo, bibliotecas instigantes, misteriosas, surpreendentes, reveladoras.
Licia Medeiros/RJ

jacfuncionariapublica disse...

"Mundo encantado dos bibliotecários"...ainda com esperanças...piada

Jacqueline Ramos (Bibliotecária encantada municipal hahahah)