10 de dez de 2016

Preço do livro

Autoria: João Bernardo Caldeira.
Fonte: Valor Econômico. Data; 5/12/2016.
A política de preços baixos praticada pelo mercado editorial nos últimos anos está custando caro ao mercado neste ano, segundo Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e sócio da Sextante.

"O livro ficou muito barato, o que resultou em crescimento para o setor naqueles anos de inflação baixa", diz. "Porém, em 2016, os livreiros tiveram de reajustar em 10% o valor do preço médio, e percebemos, como efeito no consumo, uma queda de 4,5 milhões de exemplares a menos vendidos neste ano”. Após leve recuperação em julho e agosto, o mês de outubro apontou queda para o setor, de 14% em volume e 7,7% em faturamento. Em valores, as receitas estão cerca de R$ 60 milhões menores que as obtidas no ano passado. O lançamento de Harry Potter e a criança amaldiçoada (Rocco) deve melhorar os números da Snel, mas não o suficiente para uma recuperação. No início do ano, o crescimento de quase 15% no faturamento, impulsionado pelo livro didático e universitário, trouxe falsa esperança. "Interpretar os números e apontar tendências têm sido enormes desafios, pois os sinais de recuperação não estão se sustentando, mostrando que o mercado ainda se encontra muito fragilizado", diz Pereira. "A tendência é fechar o ano com queda de 13% em volume e 5% em faturamento."

Nenhum comentário: