17 de fev de 2011

Rede de livrarias Borders pede concordata nos EUA

Fonte: Reuters. Data: 16/02/2011.
A Borders Group fez um pedido de proteção judicial contra falência nesta quarta-feira (16) e afirmou que planeja fechar quase um terço de suas livrarias após anos de vendas fracas que tornaram impossível para a empresa administrar sua dívida. A esperada concordata da companhia dará à segunda maior rede de livrarias dos Estados Unidos uma chance de arrumar suas finanças e encolher seus negócios em um momento em que os consumidores optam cada vez mais por produtos online. O processo de recuperação judicial pode ajudar a rival maior Barnes & Noble, que também enfrenta dificuldades, por conta da queda no número de lojas rivais.
Comentário:
Como todo o tipo de empresa as livrarias também passam por grandes transformações. Vale a pena indagar se, em tempos de Amazon e outras livrarias eletrônicas, as grandes livrarias enciclopédicas ainda têm futuro. A meu ver, somente as pequenas livrarias especializadas, que contam com pessoal que entende do conteúdo e que personalizam o atendimento do seu cliente é que irão sobreviver. O que você acha disto?
Murilo Cunha

Nenhum comentário: