26 de out de 2011

200 anos da Biblioteca Pública [Bahia]


Fonte: Tribuna da Bahia. Data: 25/10/2011.


Um cortejo percussivo e literário do Campo Grande ao Barris abre as festividades organizadas pela Biblioteca Pública do Estado para comemorar o Dia da Cultura, 5 de novembro. Neste dia, a primeira biblioteca pública da América Latina encerra os festejos do ano do seu Bicentenário e celebra quatro décadas do prédio próprio, localizado no bairro dos Barris. O evento começa às 9h, com concentração na Praça do Campo Grande.

Realizada há 4 anos, a lavagem “profano-literária”, como ficou conhecida, já faz parte do calendário baiano e marca o início da programação do Novembro Negro, série de eventos que marcam o mês da Consciência Negra. A lavagem reúne centenas de pessoas, que acompanham o cortejo puxado por um mini trio e formado por baianas, poetas, escritores, artistas, estudantes e populares. O tema desta edição é “Ler é uma viagem. Embarque nessa!”.

Assim, durante todo o trajeto, o livro e a literatura serão divulgados através dos artistas e da presença do veículo da Biblioteca Móvel. O evento será encerrado com o ato simbólico de lavagem da escadaria da Biblioteca, além de uma série de show musicais no Quadrilátero. Para garantir a animação do evento antes da saída do cortejo, ainda na concentração, o grupo "Kem Samba Vem" convida todos a participar. Para puxar o cortejo, o grupo "Os Multipétalos" e o cantor Mikael Mutti com o seu "Percussivo Mundo Novo" estão confirmados, no minitrio. Já no Quadrilátero às 13h, a cantora Márcia Short fará um show especial celebrando os 200 anos da Biblioteca. Para encerrar a festa, às 15h, o cantor Magary Lord vai subir ao palco e colocar todo mundo para dançar.

Um comentário:

Jaque disse...

Orgulho! Pena que a sua estrutura ainda deixa um pouco a desejar...