31 de out de 2011

Biblioteca do TSE receberá certificação ISO 9001


Fonte: Agencia de Noticias da Justiça Eleitoral. Data: 27/10/2011.

URL: http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1435523

A Biblioteca do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) receberá a certificação ISO 9001 por seu trabalho na área de atendimento. A recomendação foi feita pelo Instituto Falcão Bauer da Qualidade, nesta terça-feira (25), após realização de uma auditoria externa. O instituto não encontrou falhas na área de referência.

Para conquistar a certificação, todos os processos de trabalho foram mapeados e as instruções de trabalho detalhadas. Além disso, as solicitações de pesquisa bibliográfica passaram a ser 100% registradas no sistema Máxximo, agora classificadas por assunto. Isso viabilizou um maior controle deste processo e agilizou o atendimento das solicitações, uma vez que cada membro da equipe é responsável por um assunto diferente.

Durante a última reunião da auditoria, realizada nesta terça-feira (25), o auditor Walter Segond apresentou suas observações indicando alguns acertos e pontos que podem ser melhorados. Entre os pontos positivos, está o controle de processos terceirizados, como, por exemplo, a gestão do Aleph – sistema de gerenciamento e automação de bibliotecas utilizado pela Justiça Eleitoral –, que é atualizado constantemente.

Quanto às oportunidades de melhoria destacam-se: determinar a interação entre o processo dos produtos do escopo e daqueles executados por outras áreas; ampliar os requisitos relacionados aos produtos; e buscar a interação entre os objetivos da Qualidade e do TSE; dentre outras.

Diante do relatório apresentado pelo auditor, a diretora-geral do TSE, Patrícia Landi, parabenizou todas as equipes envolvidas no projeto e lembrou que sempre existirão oportunidades de melhoria. “Esse é o caminho para a busca da excelência. E, como servidores públicos, estamos aqui para buscar o melhor para o cidadão” enfatizou.

As atividades com o objetivo de alcançar a certificação foram iniciadas em fevereiro passado. Antes da certificação, foi realizada uma auditoria interna, em setembro, e uma pré-auditoria externa, nos dias 10 e 11 de outubro. A auditoria externa do Instituto Falcão Bauer da Qualidade ocorreu nos dias 24 e 25 de outubro.

Desde fevereiro, algumas mudanças foram implementadas. Segundo Diana Palhano, uma das responsáveis pelo projeto na Biblioteca, o grande avanço foi a publicação de uma instrução normativa que implementou uma cultura educativa e colaborativa no processo de empréstimo e devolução de obras do acervo.

“A instrução não visa, especificamente, a estabelecer penalidades àqueles que não devolvem os livros no prazo. Mas se um usuário atrasa, acaba prejudicando outros colegas que precisam da obra”, afirmou.

Algumas metas também foram definidas, como por exemplo o índice mínimo de 95% de satisfação nas pesquisas com os usuários e atendimento das solicitações de pesquisas bibliográficas em até oito horas.

Na opinião de Télia Maria Silva, servidora da Biblioteca, ter um certificado ISO é importante, pois torna a instituição referência em Direito Eleitoral. “Atualmente somos a única Biblioteca do Distrito Federal com certificação. É o reconhecimento de um árduo trabalho. A certificação mostra que estamos cada vez mais qualificados, e nos faz sentir valorizados. Isso vai impactar a todos que terão um atendimento cada vez melhor e, assim, todos ganham: servidores e usuários da Biblioteca”, disse.

Nenhum comentário: