3 de fev de 2012

Biblioteca Nacional de Portugal lança edições em ebook

Fonte: Biblioteca Nacional de Portugal. Data: 31/01/2012.
A Biblioteca Nacional de Portugal acaba de lançar as suas edições em formato ebook, através de uma plataforma específica associada à sua Livraria Online, disponível desde Agosto de 2010 [URL: http://livrariaonline.bnportugal.pt/].
A nova plataforma permite comprar e alugar as edições da BNP em formato que possibilita a leitura em computadores pessoais (Windows), computadores Apple, iPad , iPhone e sistemas Android . Para a leitura dos ebooks nos computadores pessoais é utilizado o software de leitura (gratuito) ADE (Adobe Digital Editions) e para os restantes sistemas o software BlueFireReader (também gratuito) é o recomendado.
A tecnologia utilizada baseia-se em soluções ADOBE, tanto no que respeita à geração dos ebooks como à gestão de direitos digitais (DRM) que é aplicada às edições por acordo com a EUEbOOKS - European Ebook Distributor, uma plataforma dedicada à comercialização de conteúdos (livros, artigos, revistas, newsletters) em formato eletrónico e de uma forma segura utilizando tecnologia DRM.
À semelhança da plataforma sobre a qual funciona a Livraria Online da BNP, também a nova plataforma para ebooks é gerida e disponibilizada através da Marka, um agregador nacional que é já o terceiro a nível europeu em volume de conteúdos que coloca no mercado.
Esta nova forma de distribuição das edições da BNP dirige-se tanto ao público em geral, para os que preferem a versão digital com grande vantagem de preço em relação ao livro físico, como a bibliotecas que, aderindo a esta nova plataforma, podem adquirir a versão ebook e gerir os empréstimos da sua coleção digital. Nesta nova modalidade, o preço das edições da BNP é, no mínimo, reduzido a 50% do preço do livro físico, havendo também a possibilidade de o utilizador optar por ter o livro a título de empréstimo, por cinco dias, a um preço uniforme de 1€.
Para a BNP, a adoção desta nova tecnologia corresponde a uma estratégia de modernização da sua função enquanto editor à qual não é alheio o objetivo, atualmente essencial, de internacionalização em todas as suas vertentes de atividade o que, no caso das edições, é altamente potenciado pelo formato ebook.

Nenhum comentário: