9 de mai de 2012

Cabo Frio celebra 48 anos da Biblioteca Municipal Walter Nogueira

Fonte: Nova Saquarema. Data: 8/05/2012.
No último sábado, dia 5 de maio, a Biblioteca Municipal Walter Nogueira comemorou seus 48 anos de existência. O evento contou com a participação da Aleart (Academia de Letras e Artesanato de Cabo Frio), que levou seus artistas para confeccionar artesanato ao ar livre, na Praça Dom Pedro, em frente à Biblioteca, além da participação da artista plástica Eliane Guedes, do ator Yuri Vasconcellos, contação de histórias com Sonia Correcha e também apresentação musical com José Carlos de Morais, Tatá Costa, de Rio das Ostras, entre outros.
A comemoração contou ainda com a presença de dona Yone Nogueira, parenta direta do fundador da Biblioteca, Walter Nogueira. Dona Yone celebrou os 48 anos do espaço cultural e ressaltou a importância histórica que a Biblioteca tem em Cabo Frio. A Cia de Teatro Curare também fez uma dramatização de poemas brasileiros, principalmente da poeta Adélia Prado, e funcionários da Secretaria de Cultura distribuíram o folder sobre Walter Nogueira, que faz parte do projeto “Nossos valores a gente nunca esquece”.  Também foram entregues certificados às personalidades que fizeram parte da história de vida da Biblioteca.
Ao final, todos os presentes encerraram a celebração com um bolo feito especialmente para a ocasião.
Sobre o fundador - Walter Nogueira nasceu em Cabo Frio no dia 25 de abril de 1915, completou os cursos primário e preparatório em Niterói e formou-se em Português e Literatura pela Faculdade de Filosofia do Rio de Janeiro. Ao longo da vida foi professor, escritor, conferencista, poeta, comentarista, crítico literário, redator, corretor e relações públicas. Foi um homem muito culto, com uma vida profissional intensa, mas sempre priorizou seus dons literários. Em 1942, aos 27 anos, foi eleito por unanimidade membro da Sociedade de Homens de Letras do Brasil.
Em 1º de abril 1964 ele inaugurou, com a ajuda de amigos, a primeira Biblioteca de Cabo Frio no prédio do atual Ismar Gomes, com a presença de escritores e poetas paulistas e fluminenses. Também inaugurou a pinacoteca e a galeria dos escritores de Cabo Frio, homenageando Teixeira e Sousa, Waldemir Terra Cardoso, Eduardo Pacheco, Vitorino Carriço e Pedro Guedes Alcoforado.
Walter Nogueira da Silva morreu aos 64 anos de idade no dia 14 de outubro de 1979, em São Paulo. Seu nome consta no Dicionário Literário Brasileiro, de Raimundo de Menezes, uma das fontes mais amplas de informação literária.

Nenhum comentário: