23 de dez de 2013

Novo número: Datagramazero



O Datagramazero de dezembro de 2013 já está disponível nos endereços:
Sumário:
1 - A visualização da informação: uma afetividade para olhar a informação por Aldo de Albuquerque Barreto.
Resumo: A estrutura da informação é uma narrativa escrita em uma base física; inscrição e estrutura formam um conjunto de elementos de um todo ordenado e com princípio lógico. Aqui, trabalhamos com o pressuposto de que a estrutura de informação bem visualizada potencializa a percepção. A visualização da Informação tem como objetivo o estudo das formas de representação usadas para uma apreensão visual amigável de um conteúdo. Quando a informação é apresentada de maneira destinada ao olhar permite uma visualização conciliadora na decodificação do conteúdo.
2 - O estado da arte da Filosofia da Informação na Ciência da Informação Brasileira por Diego Andres Salcedo e Túlio de Morais Revoredo.
Resumo: Esta pesquisa apresenta um panorama da Filosofia da Informação e suas relações teóricas com a Ciência da Informação brasileira. Visando assim, uma estruturação do panorama conceitual entre a Filosofia da Informação e Ciência da Informação.  A pesquisa identificou, analisou e apresentou, sob a ótica da Ciência da Informação, o estado da arte da Filosofia da Informação na literatura científica brasileira.
3 - Fenomenologia versus Filosofia da Diferença: a Biblioterapia em questão por Solange Puntel Mostafa, Denise Viuniski da Nova Cruz, Felipe Etelvino Benevenutto.
Resumo: A Biblioterapia pode ser compreendida como a expansão propiciada pelo ato de leitura que então porta uma função terapêutica. Como campo multidisciplinar diz respeito à psicologia, pedagogia, história, letras, medicina e ciência da informação. Nosso objetivo é contrastar a abordagem fenomenológica da literatura brasileira em Biblioterapia com a filosofia da diferença praticada por Gilles Deleuze e Félix Guattari no tema das narrativas biblioterapêuticas.
4 - Configurações da pesquisa em ciência da informação por Leilah Santiago Bufrem.
Resumo: Analisa configurações de resultados concretos de pesquisa expressos na literatura da área da Ciência da Informação procurando superar modelos reducionistas sobre os modos de investigação. Ilustra o processo de análise com exemplos concretos de 30 artigos científicos dos autores de maior incidência no período entre 2008 e 2012, identificados aleatoriamente na literatura periódica da área.
5 - Personalização no jornalismo on-line: Uma análise de conteúdo dos principais jornais. por Valdenise Schmitt e Gregorio Varvakis.
Resumo: Descreve como as organizações jornalísticas estão explorando nos computadores a ideia do jornal personalizado. Em relação aos recursos de personalização de notícia jornais adotavam um ou mais recursos de personalização adaptável, os quais demandam tempo e esforço do usuário para configurar suas preferências; incorporavam personalização efêmera e, personalização persistente. Os resultados indicam que a personalização nos jornais tende a aumentar em um momento que poucas organizações conseguem fazer do jornalismo on-line um negócio rentável.

Nenhum comentário: