5 de fev de 2014

Novo número: Datagramazero

A Revista Datagramazero está completando com o número de fevereiro de 2004 quinze anos na cadeia de comunicação científica tratando dos fatos e eventos relacionados à informação em ciência e tecnologia nos campos que atuam com o fenômeno desde sua geração até sua transferência.  A revista busca explorar o riscado de uma nova escrita em formato digital. Em 1999 o periódico aspirava ser o marco zero das novas narrativas digitais externas à linguagem tradicional agregando a seu linguajar outras médias e sentidos além da visão de um texto impresso linear e estático preso em seu formato único.
Sumário:
1 - O conhecimento na Inteligência de Estado por Rodrigo Fileto Maciel e Marta Kerr Pinheiro
Resumo: A inteligência pode ser entendida como a atividade sistemática de coleta e análise de informações de modo a produzir conhecimento para ação no contexto empresarial no qual as organizações procuram obter vantagem sobre os concorrentes através da classificação, tratamento e uso da informação.
2 - Escrever pra passarinho por Lucília Maria Abrahão e Sousa Romão
Resumo:  Analisar discursivamente a exposição literária “Rubem Braga - O fazendeiro do ar”, apresentada pelo Museu da Língua Portuguesa, de 25 de junho a 2 de setembro de 2013, por ocasião do centenário de nascimento do autor.
3 - Sobre a migração de conceitos por Ana Amélia Lage Martins e Alcenir Soares dos Reis.
Resumo: Discute o fenômeno da “migração de conceitos”, prática a cada dia mais frequente no âmbito das ciências denominadas inter e transdisciplinares. Assinala que o movimento de transposição conceitual implica na intervenção sobre um complexo de fatos e de sistemas.
4 -  Orkutização do Lattes: cultura informacional e distinção por Ruleandson do Carmo Cruz e Maria Guiomar da Cunha Frota.
Resumo: A partir de conceitos sociológicos de classe e distinção investiga o modo como a orkutização do Lattes é definida pelos sujeitos na Internet. Constata, dentre outros apontamentos, um jogo de classes entre alguns dos membros da classe acadêmica e cientifica brasileira.
5 - As tecnologias assistivas e a pessoa cega por Elton Vergara Nunes, Gertrudes Aparecida Dandolini e João Artur de Souza.
Resumo: A pesquisa buscou  identificar a relevância das tecnologias na mediação da inclusão social das pessoas cegas; revelou que muitas das soluções desejadas pelos usuários já existem  sendo desconhecidas ou inacessíveis; evidenciou que as melhores soluções resultam do trabalho de cooperação entre pesquisadores e usuários.
6 - Contribuições tecnológicas para a comunicação em língua de sinais por Jonathan Rosa Moreira, Renato da Veiga Guadagnin, Edilson Ferneda, Jefferson Bruno Pereira Ribeiro.
Resumo: A tecnologias dispõem de instrumentos computacionais que representam iniciativas para tradução de linguagem oral para língua de sinais e auxiliam o processo de comunicação entre os membros da comunidade. Este estudo identificou os requisitos presentes no processo de comunicação em Língua de Sinais mediada pelas novas tecnologias, envolvendo recursos de tratamento linguístico e computação gráfica.

O DataGramaZero de fevereiro de 2014 está disponível em:


Nenhum comentário: