28 de mar de 2014

A importância da boa indexação dos metadados

Estudo mostra como metadados telefônicos são reveladores

Fonte: Folha de S. Paulo. Data: 24/03/2014.
Quando Edward Snowden revelou que a NSA espionava telefones de milhões de pessoas, membros do governo foram à imprensa tranquilizar o público: "Apenas metadados são coletados", disseram à época.
Um projeto conduzido por dois estudantes de doutorado de Stanford, porém, sugere que os tais metadados -registros telefônicos que contêm data, duração e número discado das chamadas -podem ser bastante reveladores.
Em quatro meses analisando apenas metadados telefônicos de 546 voluntários, Jonathan Meyer e Patrick Mutchler, que estudam ciência da computação, descobriram relacionamentos amorosos, doenças graves, uma gravidez indesejada e uma possível plantação caseira de maconha.
Para tanto, bastou que associassem os números para os quais os voluntários ligaram com empresas e organizações -tudo feito com ferramentas e listas telefônicas disponíveis de graça na rede.
"Fomos surpreendidos pelo quanto os contatos revelam. Participantes (do projeto) ligaram para os Alcoólicos Anônimos, lojas de armas, clínicas de aborto, sindicatos, advogados de divórcio, clínicas de doenças sexualmente transmissíveis, farmácias, clubes de strip-tease e muito mais", escreveu Meyer em seu blog, Web Policy.
O projeto, chamado MetaPhone, surgiu em novembro, justamente por conta das revelações de Snowden.
"A NSA levantou questões sérias sobre o quão sensíveis são os metadados telefônicos", disse Mayer à Folha, por e-mail. "Nosso objetivo é usar a ciência para responder a essas questões."
Para viabilizar a ideia, Mayer e Mutchler desenvolveram um app de Android, que recolhe metadados do celular, e convocaram voluntários.
Em duas semanas, já com centenas de participantes no projeto, viram que era possível descobrir quem estava ou não em um relacionamento amoroso com 60% a 80% de acertos. E que o número do parceiro(a) era o mais acionado em 60% desses casos.
Em seguida, derrubaram a ideia de que números de telefones são anônimos. Buscas na internet revelaram a pessoa ou empresa por trás de 91 dos 100 números testados.

Os resultados, dizem, servem de alerta."Os dados que analisamos são de centenas de usuários por vários meses. A NSA e as empresas de telefonia têm anos de registros de milhões de americanos", afirma Mayer.

Nenhum comentário: