7 de jan de 2015

Novo número: Cadernos BAD

O último número da revista “Cadernos BAD” contém os trabalhos apresentados na 5ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto, realizada em outubro de 2014, na Universidade de Coimbra.
Sumário:
Editorial
Acesso Aberto e circulação de saberes, 1-2. Comissão Organizadora 5ª ConfOA.
Artigos
·       Estudo sobre os dados científicos gerados no âmbito da investigação produzida na Universidade do Minho. Pedro Príncipe, Ricardo Saraiva, Clara Boavida, Raquel Truta, Eloy Rodrigues, José Carvalho.
·       Avaliação de repositórios institucionais: análise comparativa. Maria Eduarda Pereira Rodrigues, Maria João Amante, Clarisse Pais, Teresa Segurado, Susana Lopes.
·       Auditoria ISO 16363 a repositórios institucionais. José Carvalho, Miguel Ferreira, Eloy Rodrigues, Pedro Príncipe, Luis Faria, Hélder Silva, João Mendes Moreira.
·       Produção científica da UP em Acesso Aberto: retrato atual. Cristina Sousa Lopes, Luís Miguel Costa.
·       A interoperabilidade entre o Repositório e um sistema CRIS: o caso do ISCTE-IUL. Maria João Amante, Susana Lopes, Bruno Marçal, Teresa Segurado.
·       As instruções aos autores podem estimular o Acesso Aberto no Brasil? Juliana Gonçalves Reis, Helio Kuramoto, Pascal Aventurier, Rodrigo Murtinho.
·       O pesquisador brasileiro, o acesso aberto e a CAPES: uma analise durkheimiana. Viviane Santos de Oliveira Veiga, Cícera Henrique da Silva, André Pereira Neto.
·       ReBEC em números: reflexos da política mandatória em pesquisa clínica na trajetória do Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos. Luiza Rosângela da Silva, Josué Laguardia, Marcelo Rodrigo d’Avelar Bastos Alves, Daniel Pereira Eiras, Vanessa Lima, Diego Gomes Tostes, Eduardo Alves C. Lima, Giancarlo Maturana, Alexandre Moretto Ribeiro.
·       Política de Acesso Aberto ao Conhecimento: Análise da experiência da Fundação Oswaldo Cruz/Fiocruz. Paula Xavier dos Santos, Ana Cristina da Matta Furniel, Paulo Cezar Vieira Guanaes, Rosane Mendes da Silva, Manoel Barral Netto, Umberto Trigueiros Lima, Nísia Trindade Lima.
·       BV-FAPESP: um modelo de biblioteca virtual para democratização do acesso à informação pública no Brasil. Thais Fernandes de Morais, Fabiana Andrade Pereira, Rosaly Fávero Krzyzanowski, Inês Maria M. Imperatriz, Paula Harumi K. Hashimoto.
·       Viabilizando o acesso aberto na Fiocruz: o plano operativo do Arca. Viviane Santos de Oliveira Veiga, Ana Maranhão, Cícera Henrique da Silva, Paulo Marques.
·       Políticas institucionais de informação no Brasil: uma análise a partir dos repositórios institucionais. Elaine Hipólito dos Santos Costa, Vanessa de Arruda Jorge.
·       Recursos Educacionais Abertos em bibliotecas universitárias brasileiras: explorando ações e tendências. Sonia Cruz-Riascos, Laura Vilela Rodrigues Rezende, Werônica Yamacyra Cordeiro.
·       Análise das ações implementadas para povoamento de repositórios institucionais no Brasil e em Portugal. Janise Silva Borges da Costa, Caterina Groposo Pavão, Zaida Horowitz.
·       Ações de continuidade e sustentabilidade da implantação do Repositório Institucional da Universidade Federal de Lavras (RIUFLA). Simone Assis Medeiros, Patrícia Aparecida Ferreira, Eliana José Bernardes, Nivaldo Oliveira.
·       Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: ações para melhoria na qualidade dos dados. Diego José Macêdo, Milton Shintaku, Tainá Batista de Assis, Washington L. R. de Carvalho Segundo, Ronnie Fagundes de Brito.
·       O ReBEC como repositório temático de ensaios clínicos e a cooperação internacional em pesquisa clínica. Luiza Rosângela da Silva, Josué Laguardia, Vanessa Lima, Marcelo Rodrigo d’Avelar Bastos Alves, Daniel Pereira Eiras, Diego Gomes, Eduardo Alves C. Lima, Giancarlo Maturana, Alexandre Moretto Ribeiro.
·       Repositórios institucionais: o desafio da formação de recursos humanos. Cícera Henrique da Silva, Maria Cristina Soares Guimarães, Maria da Conceicao Rodrigues de Carvalho, Rosane Abdala Lins, Rosinalva Alves de Souza.
·       ReBEc 2.0: rumo a uma nova plataforma para dados científicos. Luiza Rosângela da Silva, Josué Laguardia, Diego Gomes Tostes, Alexandre Moretto Ribeiro, Carlos Eduardo Ribeiro, Lia C. Matte, Vanessa Lima, Marcelo Rodrigo d’Avelar Bastos Alves, Daniel Pereira Eiras, Giancarlo Maturana, Eduardo Alves C. Lima.
·       Sistemas abertos aplicados à gestão da informação científica: o desenvolvimento da UC Digitalis. Ana Miguéis, Ana Luísa Silva, Álvaro Trindade, Bruno Neves.
·       Estudo e desenvolvimento de ferramenta de migração entre sistemas de publicação de teses e dissertações. Diego José Macêdo, Washington L. R. de Carvalho Segundo, Tainá Batista de Assis, Milton Shintaku.
·       Interoperabilidade semântica entre repositórios de saúde pública. Fatima Cristina Lopes dos Santos.
·       OPAC e repositórios institucionais: uma análise preliminar sob a perspetiva da interoperabilidade. Maria da Graça de Melo Simões, M. Cristina V. de Freitas, Blanca Rodríguez Bravo, Sofia Gomes.
·       Digital Object Identifier (DOI) viabilizando a via verde. Paulo Eduardo Potyguara Coutinho-Marques, Rachel Magarinos-Torres, Maria da Conceição Rodrigues de Carvalho, Marcelo Simão de Vasconcellos, Jesús Mena-Chalco, Maria Cristina Soares Guimarães.
·       Periódicos de acesso aberto no Brasil: o cenário tecnológio no uso do SEER/OJS. Ronnie Fagundes de Brito, Milton Shintaku.
·       Proposta metodológica para avaliação de usabilidade de interfaces de repositórios. Daiane Barrili dos Santos, Ana Maria Mielniczuk de Moura, Caterina Marta Groposo Pavão.
·       Esquemas de metadados utilizados por repositórios digitais científicos e de objetos educacionais: estudo preliminar. Morgana Carneiro Andrade, Décio Wey Berti Junior, Gleice Pereira, Ana Alice Baptista.

Os artigos podem ser acessados no URL:

www.bad.pt/noticia/2014/12/23/esta-disponivel-mais-um-numero-dos-cadernos-bad-2/

Nenhum comentário: