20 de mar de 2016

Biblioteca Mário de Andrade abrirá durante 24 horas

Fonte: G1. Data: 7/03/2016.
Autoria: Luciana Rossetto.
URL: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/03/mario-de-andrade-tera-emprestimos-de-livros-24-horas-partir-de-junho.html
A Biblioteca Mário de Andrade, no Centro de São Paulo, deve implantar até junho o empréstimo de livros 24 horas. As áreas de convivência já estão abertas durante a madrugada desde outubro, mas o acesso ao acervo ainda não está disponível.
Luiz Bagolin, diretor da biblioteca, explicou ao G1 que equipamentos de autoatendimento já começaram a ser implantados. Além de etiquetas especiais nos livros, totens para cadastrar as retiradas e receber as devoluções também estão em teste. Cerca de 60 mil títulos estão disponíveis ao público para a retirada.
Para a biblioteca não fechar durante a fase de implantação dos equipamentos, a direção retirou das prateleiras apenas os livros que possuem cópias. “Temos uma parte do acervo que conseguimos manter longe dos usuários, porque os volumes estão duplicados. Estamos trabalhando primeiro com esses livros, para que não haja uma suspensão do serviço e para causar o menor impacto possível no atendimento”, afirmou Bagolin. “O usuário ganhará autonomia à noite. E quem precisar de ajuda para consultas e pesquisas mais refinadas, conta com os trabalhos dos bibliotecários durante o dia”.
Por dia, a Mário de Andrade recebe 1,2 mil pessoas. “Com o horário do atendimento estendido, a previsão é de um aumento de 30% no fluxo de pessoas por dia. Como não temos como ampliar o espaço, a saída é aumentar o horário de atendimento”, disse Bagolin.
Os frequentadores da biblioteca podem utilizar, durante toda a noite, as salas de estudo, o deck e o terraço. As áreas de acervo, que incluem a biblioteca circulante, a sala de artes e a sala de coleção geral, por enquanto, funcionam somente no horário regular. Durante a noite, a Mário de Andrade ainda realiza eventos culturais, como shows e espetáculos teatrais.
“Abrir a biblioteca à noite é uma iniciativa que tem dado muito certo. Mostrou que várias tribos circulam e usufruem desse mesmo espaço, no Centro, a cada evento. É um espaço de encontros e narrativas, em que cada pessoa é um acervo vivo. Compartilhamos livros e os acervos individuais de cada pessoa”

A Biblioteca Mário de Andrade fica na Rua da Consolação, 94, no Centro de São Paulo.

Nenhum comentário: