1 de jul de 2016

O Brexit e o acesso aberto

“A resposta da comunidade de pesquisa do Reino Unido para a recente referendo - em que uma maioria de 52% votaram a favor do Reino Unido a deixar a União Europeia (ou "Brexit") - tem sido um dos horror e incredulidade.
Isso não é surpresa, até porque Brexit teria um sério impacto sobre o financiamento da pesquisa no Reino Unido. A Nature relata que universidades do Reino Unido atualmente recebem cerca de 16% do seu financiamento da investigação na UE, e que o Reino Unido acolhe atualmente detentores de mais financiados pela UE de subvenções do CEI do que qualquer outro Estado-Membro. Em outros lugares, a e-Science estimou que o Reino Unido poderia perder £ 1 bilhão em financiamento da ciência, se o governo do Reino Unido não compensar o déficit em fundos de investigação da UE.
Mas quais são as implicações de Brexit para o acesso aberto? Dada a situação extremamente volátil no Reino Unido encontra-se agora em que não podemos dizer nada com certeza. No entanto, qualquer pressão sobre o financiamento vai certamente ser prejudicial para os planos atuais para migrar a publicação acadêmica de uma assinatura para um sistema de acesso aberto.
Com estes pensamentos em mente eu coloquei algumas perguntas para defensor de longa data do acesso aberto, e Professor de Biologia Estrutural do Imperial College de Londres, Stephen Curry.” Seus pensamentos sobre o tema pode ser lido aqui:

Autoria: Richard Poynder

Nenhum comentário: