10 de ago de 2016

Apenas 13% das escolas possuem total infraestrutura

Autoria: Intia Souza.
Fonte: O Regional. Data: 6/08/2016.
Entre os indicadores levados em consideração pelo MEC estão quadra esportiva e biblioteca, presentes em 58% das instituições de ensino
Apenas 13% das escolas de Catanduva possuem total infraestrutura - É o que aponta o levantamento Todos Pela Educação do Observatório do Plano Nacional de Educação (PNE), com base em dados do Censo Escolar. Entre os indicadores levados em consideração estão quadra esportiva e biblioteca, presentes em 58% das instituições de ensino. 
Esse é o menor percentual registrado na cidade desde o início da série histórica em 2009. Na época, a infraestrutura das escolas chegava a 21,7%, ou seja, 15 instituições de ensino. O maior foi visto em 2011, com percentual de 25,1%, 18 escolas. No ano passado nove escolas possuíam todos os itens que fazem parte da infraestrutura (acesso à água tratada, esgoto sanitário, energia elétrica, banda larga, biblioteca ou sala de leitura, quadra e laboratório de ciências).
Das 69 escolas em Catanduva até o ano passado, 40 delas (58%) possuem biblioteca ou sala de leitura. O menor percentual é o visto na rede municipal de ensino. De 31 escolas, dez (32,3%) possuem biblioteca ou sala de leitura. Na sequência estão às escolas da rede privada, de 26, 19 contam com os itens (73,1%). Em terceiro estão às escolas da rede estadual, de 11, 10 possuem biblioteca ou sala de leitura (90,9%). 
O mesmo percentual (58%) foi visto quando o assunto é quadra esportiva. O menor número foi visto na rede particular de ensino, apenas 46,2% das instituições privadas, ou seja, em 12 delas. Na sequência está a rede municipal de ensino com 54,8%, 17 das escolas contam com quadras. 100% das escolas estaduais de Catanduva contam com quadra.  
Quando o assunto é laboratório de ciências o percentual em Catanduva chega a 26,1%, ou seja, apenas 18 escolas possuem o item. Na rede municipal de ensino, apenas uma escola possui laboratório (3,2%). O segundo pior registro foi para a rede privada (42,3%), ou seja, 11 escolas. Na sequência está a rede estadual (45,5%), cinco escolas. 
Com relação ao acesso à água tratada, 98,6% das instituições de ensino possuem água tratada, ou seja, 68 delas. Uma escola da rede privada não tem acesso ao item. 
Quando o assunto é banda larga, o alcance é de 88,4% das escolas, ou seja, 61 delas. O menor percentual foi para as escolas privadas (80,8%), ou seja, 21 delas. O segundo foi para as escolas estaduais (90,9%), presente em dez escolas e o terceiro foi para a rede municipal de ensino (93,5%), em 29 escolas. 
No Brasil apenas 4,5%
O mesmo levantamento mostra que no ano passado, 4,5% das escolas públicas de Educação Básica apresentavam todos os itens de infraestrutura determinados pela estratégia do Plano Nacional de Educação (PNE). Entre os itens mais escassos está a quadra esportiva, presente em apenas 31% das escolas, e um fator básico como acesso ao esgoto sanitário é verificado em apenas 37,9% delas.

A estratégia do PNE determina assegurar a todas as escolas públicas de educação básica o acesso a energia elétrica, abastecimento de água tratada, esgotamento sanitário e manejo dos resíduos sólidos, garantir o acesso dos alunos a espaços para a prática esportiva, a bens culturais e artísticos e a equipamentos e laboratórios de ciências e, em cada edifício escolar, garantir a acessibilidade às pessoas com deficiência.

Nenhum comentário: