6 de set de 2016

Primeira edição de “Harry Potter” pode valer alguns milhares de reais

Autoria: Jessica Soares.
Fonte: Superinteressante. Data: 19/08/2016.
Accio fortuna: Cópia britânica do primeiro livro da saga criada por J.K. Rowling com pequeno erro de digitação deve ser vendida por mais de 100 mil reais em leilão
Como um bom fã do bruxo mais famoso do mundo, você provavelmente já desbravou Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, oitava história da saga criada por J.K. Rowling, que foi lançada em inglês em 31 de julho e chega às prateleiras em português no dia 31 de outubro. Caso seja mesmo um potterhead, provavelmente também já colocou no carrinho os novos três livros digitais anunciados nesta semana pela autora - coletâneas de histórias relacionadas ao universo da magia (muitas delas publicadas anteriormente no portal Pottermore) que serão lançadas no dia 6 de setembro e já estão disponíveis na pré-venda. A boa notícia da vez é que toda essa dedicação não vai garantir apenas uma boa pontuação no exame de Níveis Incrivelmente Exaustivos de Magia - ela pode ser recompensada também com alguns milhares de notinhas verdes trouxas.
Um dos exemplares da primeira edição britânica de Harry Potter e a Pedra Filosofal vai a leilão no dia 9 de novembro, em Londres. E a estimativa é que o livro, que foi lançado em 1997, possa ser arrematado por até 26 mil libras - a bagatela de 109 mil reais.
Caso você tenha adquirido alguma versão internacional antiga do livro, vale a pena correr até a sua prateleira e folhear o seu exemplar. Um pequeno errinho na página 53 identifica as primeiras 500 cópias da obra que valem ouro: na lista de materiais escolares a serem adquiridos no Beco Diagonal, "1 wand" ("1 varinha", em português) aparece listada duas vezes. O erro foi corrigido nas edições posteriores do livro que vendeu mais de 400 milhões de cópias em todo o mundo.
"Como o primeiro livro da série, Harry Potter e a Pedra Filosofal tem um lugar especial no coração de milhões de leitores em todo o mundo, o erro sobre a varinha na primeira edição fez, naturalmente, com que ela se tornasse item precioso desse universo", afirmou, em comunicado oficial, Matthew Haley, Diretor de Livros e Manuscritos da Bonhams, tradicional casa de leilões responsável pela venda da cópia.

O exemplar a ser leiloado não é o único que vale uma grana no mercado de colecionadores. As mais valiosas são aquelas em capa dura, que possuem a numeração 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1. Mas a versão em brochura e exemplares da segunda edição também são valorizados. Se você for dono de uma dessas, já dá para considerar alugar um cofre em Gringotes. 

Nenhum comentário: