6 de jun de 2017

Com 90 mil títulos, Biblioteca Monteiro Lobato tem bonecos gigantes do Sítio do Pica Pau Amarelo e atividades especiais para a criançada



Fonte: São Paulo para crianças. Data: 3/6/2017.
Para quem curte fazer programa cultural com os pequenos, a Biblioteca Infantil Monteiro Lobato, localizada dentro da Praça Rotary, no centro da cidade é uma das opções gratuitas que a cidade oferece! Escondida bem no coração da Vila Buarque, ali ao lado do Minhocão, a biblioteca é a instituição de leitura destinada ao público infantil mais antiga do Brasil. Ela foi idealizada por Mário de Andrade na década de 1930, mas só em 1955 recebeu o atual nome para homenagear o escritor que encanta gerações.
Por ser coberto, o local é uma opção de passeio principalmente para aqueles dias chuvosos, já que alia diversão e conhecimento para a garotada aprender enquanto brinca. Lá tem um espaço para crianças, um para o público infanto-juvenil, outro para leitura de revistas e jornais e uma gibiteca (só nessa área são mais de 7 mil exemplares, entre gibis, álbuns, RPG e Mangás).
Ao entrar, o visitante se depara com uma exposição permanente sobre o “Sítio do Picapau Amarelo”. Para as crianças que estão cursando o ensino fundamental, essa experiência por si só já vale a visita. É uma delícia para os pequenos poder explorar o universo que até então era conhecido apenas nos livros.
Bonecos gigantes de personagens como Emília, Saci e a Cuca, que estão expostos no saguão do prédio são atrativos para os menores, que mesmo sem entender do que se trata, se divertem com seu tamanho e cores. Dica: não saia de lá sem tirar antes uma selfie com a criançada.
Ainda no piso térreo, uma outra exposição permanente conta a história do autor. Algumas de suas relíquias, como escrivaninha e vestimentas, estão expostas no local. Atração para os adultos e crianças mais velhas.
No espaço destinado à criançada, livros são expostos em estantes na altura dos pequenos leitores, que podem sentar em cadeiras para ler ou se acomodar em tatames no chão. Os livros não são muito novos, mas garantimos que os baixinhos não irão se importar.
A maior parte deles, no entanto, se destina aos pequenos que já sabem ler. A biblioteca abriga um acervo de mais de 90 exemplares, mas ainda não há terminal eletrônico de consulta para o usuário.
Para alugar um livro, basta fazer a carteirinha, que fica pronta na hora, para isso é necessário apresentar um documento com foto e um comprovante de residência. Ela pode ser usada em outras bibliotecas municipais. É possível alugar até quatro livros por 15 dias. A renovação deve ser feita no local.
A biblioteca ainda conta com uma interessante programação. Mensalmente são realizadas contações de história, apresentações de peças e oficinas, mas antes de sair de casa sempre vale ligar lá para se confirmar.
Se o tempo estiver bom, vale sair e aproveitar o passeio com uma volta na Praça Rotary, onde sempre tem alguém jogando futebol na quadrinha e de tempos em tempos grupos de maracatu e outros ritmos musicais se reúnem para ensaiar.

Nenhum comentário: