22 de out de 2011

Detentos do presídio de Araxá ganham unidade de atendimento e biblioteca

Fonte: Jornal Araxá (MG). Data: 19/10/2011.
URL: www.jornalaraxa.com.br/noticias/?SESSION=noticias&PAGE=noticia&ID=2183
O sonho de voltar a estudar e ter uma profissão está mais próximo para o detento Carlos José Teixeira, de 47 anos, do Presídio Regional de Araxá. Nesta terça-feira (18), a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) inaugurou uma Unidade de Atendimento ao Preso no presídio em que ele cumpre pena. A estrutura conta com duas salas de aula para ensino regular e profissionalizante, com capacidade para 20 alunos em cada turno, podendo atender até 150 internos. No espaço há também uma mini fábrica de enxovais para gestantes que necessitam de ajuda e um hospital de brinquedos danificados, que serão doados aos filhos dos detentos e às crianças carentes do município.
A construção da unidade de atendimento foi uma iniciativa da direção do presídio e contou com apoio da comunidade, do Conselho de Segurança Pública (CONSEP) e empresários locais. A obra foi realizada pelos detentos. “Não importa onde você parou. O que importa é que sempre é possível e necessário recomeçar. Se um passo pode desfigurar o seu destino, o passo seguinte poderá redefini-lo e oferecer um novo significado”, disse Carlos Teixeira.
Presente ao evento de inauguração, o secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, ressaltou que a ressocialização e a humanização do sistema prisional é a missão do Governo de Minas. “É nessa direção que estamos trabalhando e vamos continuar caminhando. A ajuda de parceiros, como a comunidade de Araxá, tem sido fundamental para que o Estado obtenha resultados positivos nessa área”, ressaltou.
O diretor geral do presídio, Marcelo Lima, também agradeceu o apoio de todos os que contribuíram na construção da unidade de atendimento. “A educação é a liga que une a cultura ao homem e, quando se constrói uma escola, um ponto de luz se levanta no mundo”.
Biblioteca
No novo espaço de atendimento ao preso também foi inaugurada uma biblioteca com capacidade para cerca de oito mil livros e que recebeu o nome de Biblioteca Lafayette de Andrada.

Nenhum comentário: