23 de nov de 2011

Após reforma, Biblioteca Municipal é entregue com 5 mil títulos


Fonte: Primeira Edição. Data: 22/11/2011.


Autora: Marigleide Moura.

Após passar por uma reestruturação, a Biblioteca Municipal Graciliano Ramos voltou às atividades na manhã de hoje (21), com uma solenidade que reuniu o prefeito de Maceió, Cícero Almeida, secretários e outras autoridades na sede do órgão, na Avenida da Paz. A partir de agora, estudantes e comunidade em geral terão disponíveis em um espaço moderno e bem estruturado cerca de 5 mil títulos catalogados e mais 50 mil variados.

De acordo com Paula Sarmento, secretária de Cultura de Maceió e presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), foram investidos cerca de R$ 9 mil na obra que reorganizou o local para estudantes e para a população. “Tivemos muito trabalho para cadastrar todo este acervo, mas colocamos aqui a Elisângela, uma bibliotecária muito competente que trabalhou sério e conseguiu resolver os principais problemas em pouco tempo”, declarou.

Ainda segundo Paula Sarmento, a proposta da reinauguração da Biblioteca Municipal Graciliano Ramos é colocar à disposição da população um espaço que proporcione uma viagem cultural, onde todos possam aprender e se sentir à vontade. Para isso o prédio ganhou uma estrutura nova, com salas específicas para leitura, contos infantis, telecentro e espaço exclusivo para os escritores alagoanos lançarem suas obras literárias.

Paula conta que a Biblioteca dispõe ainda de um auditório com capacidade para 150 pessoas e que está disponível para atividades culturais como lançamento de livros e apresentações de artistas e escritores de alagoanos. “Podemos apresentar filmes, obras literárias sobre Graciliano Ramos para estudantes e colocar à disposição da sociedade esse espaço de crescimento”, falou.

Os filmes educativos catalogados na Biblioteca foram doados pela Agência Nacional de Cinema (Ancine). Parte do acervo foi doado pela Biblioteca Nacional, Ministério da Cultura e escritores alagoanos. A outra novidade são as pinturas de grafite com personalização do folguedo alagoano.

Durante a solenidade de inauguração, o secretário de Educação de Maceió, Thomaz Beltrão, parabenizou o prefeito e a secretária de Cultura pelo investimento e pela entrega da biblioteca reestruturada. “Fico feliz em encontrar aqui esse acervo, toda essa estrutura que vai atender gratuitamente nossa população e proporcionar crescimento aos estudantes”, disse.

“Estamos fazendo o melhor pela nossa juventude, estamos investimento em conhecimento, em educação”, disse o prefeito Cícero Almeida na reinauguração. Em seguida, em tom de discurso político, o prefeito lembrou sua trajetória desde os tempos que trabalhou em veículos de comunicação. “Eu nunca imaginei que pudesse ingressar na carreira política. Fui operador de áudio e fui crescendo até chegar aqui”, concluiu pedindo uma salva de palmas para o Senhor Jesus Cristo por agradecimento.

Depois da inauguração, o prefeito e os secretários seguiram para o Benedito Bentes, onde inauguram ainda hoje a Creche Escola Governador Luís Abílio, um terminal de ônibus e o Creas Paefi no conjunto Cidade Sorriso II.

Um comentário:

Helga disse...

Gostaria que o mesmo pudesse ser feito na BNB, pois ter um acervo parcial é melhor que não ter acervo físico nenhum disponível para os usuários.