26 de jan de 2012

Bibliotecas do Ceará ganham R$ 1,5 mi


Fonte: Diário do Nordeste. Data: 21/01/2012.


Autora: Marília Camelo.

Desde o dia 13, os espaços de leitura já estão escolhendo os novos livros que farão parte da sua coleção

Um total de 241 bibliotecas localizadas em 133 municípios cearenses foram contempladas com mais de R$ 1,5 milhão no Programa de Atualização e Ampliação de Acervos de Bibliotecas de Acesso Público, projeto coordenado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC). A verba será toda destinada para a compra de títulos de baixo preço cadastrados no Portal do Livro da FBN (www.bn.br/plbn).

As bibliotecas já estão escolhendo os novos livros que farão parte do acervo desde o último dia 13. A lista completa dos títulos oferecidos também pode ser encontrada no Portal do Livro da FBN. Ao todo, cerca de 2.500 bibliotecas públicas estaduais, municipais, comunitárias, rurais e pontos de leitura do País já começaram a escolher os livros preferidos por seus usuários entre os mais de dez mil títulos inscritos no Cadastro Nacional de Livros de Baixo Preço.

Os valores nacional destinados a cada biblioteca foram contabilizados levando-se em conta diversos critérios, como população atendida e infraestrutura oferecida. As bibliotecas comunitárias, rurais e pontos de leitura receberão o valor fixo de R$ 4,1 mil para investimento. Já as bibliotecas cadastradas, na média geral, receberão R$ 7.750 para aquisição de livros, valor que, segundo o presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, está acima da média histórica de investimento do Ministério para aquisição de acervo". Ele lembra que a decisão de se priorizar aquelas que oferecem boa infraestrutura aos leitores é uma forma de se estimular a melhoria das bibliotecas

Conquista

O Programa, criado pelo presidente da FBN, traz uma novidade: o protagonismo das bibliotecas na escolha dos livros que irão compor seu acervo.

Para Galeno Amorim, este é um momento único no setor da biblioteconomia brasileira, pois, com o Programa de Atualização de Acervos, um novo paradigma no setor é criado. Ele lembra que, agora, cada bibliotecário é que será responsável por escolher os livros que estarão nas prateleiras, respeitando as particularidades e dos seus leitores.

Nenhum comentário: