4 de abr de 2013

O funeral da Encyclopaedia Britannica


Percebendo que deve descartar da sua infância o conjunto da agora mofada Encyclopædia Britannica, Julian Baggini decidiu queimá-lo. Ele falou: "Como qualquer funeral, este incêndio foi, essencialmente, uma mostra de respeito. Se algum objeto secular merece o status de sagrado, certamente é o livro, que além de todas essas inovações práticas nos ajuda a alimentar, vestir, aquecer e nos curar; é a criação humana mais importante de todos os tempos ". Assista ao vídeo (8: 33), em que a expressão bíblica "Do pó para o pó" tornou-se a "liturgia secular sagrada do volume: Arctic to Biosphere. Birds to Chess...”

Fato interessante é que das 31 pessoas que avaliaram o vídeo no YouTube, 22 foram a favor e somente três discordaram. Até quatro de abril de 2013, 3.196 pessoas já tinham visto o vídeo. Será que temos aqui um bibliocídio ou isto é uma coisa normal dos tempos atuais?

Assim, indago: 1) É correto queimar uma enciclopédia, especialmente a Britannica? 2) Que outras opções o seu proprietário teria para resolver este caso?

 O vídeo pode ser visto no URL: http://www.youtube.com/watch?v=cuakjcMGneI

Murilo Cunha



3 comentários:

Anônimo disse...

Nossa! Essa fogueira foi demais e me fez lembrar o filme Farenheit.

Anônimo disse...

Acho que a Britannica não merecia esse fim trágico.

Anônimo disse...

Porque não doou para alguém. Eu queria..