20 de dez de 2014

Biblioteca Nacional digitaliza 740 mil obras

Fonte: Diário de Pernambuco. Data: 16/12/2014.
Autoria: Mariana Fabrício.
URL: www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/tecnologia/2014/12/16/interna_tecnologia,549513/fundacao-biblioteca-nacional-digitaliza-740-mil-obras-raras.shtml
Cerca de 740 mil obras raras, entre elas cartas escritas no período colonial, estão disponibilizadas no acervo digital da Biblioteca Nacional. O objetivo do projeto é democratizar e preservar os documentos.
As obras relacionadas no acervo são digitalizadas em alta resolução, numa cópia facsimilar perfeita. Quando disponibilizada no site, a população pode consultá-las à vontade, sem precisar manipular o original e correr o risco de estragá-lo. Também não é necessário pagamento de taxa. "É um trabalho para todos os brasileiros se orgulharem", comemora a coordenadora da BNDigital, Ângela Monteiro Bettencourt.

O trabalho de digitalização começou em 2006, mas só a partir do segundo semestre deste ano a BNDigital ficou disponível ao público. Entre os documentos escaneados estão Os Lusíadas, de 1572, de Camões, a Bíblia de Moguncia, de 1462, a Coleção Thereza Christina Maria, doada à biblioteca pelo próprio Imperador Dom Pedro II, a carta de Abertura dos Portos às Nações Amigas, escrita por Dom João de Bragança em 1808, além de partituras, mapas, gravuras e fotos que fazem parte da coleção que é considerada Memória do Mundo pela UNESCO.

Nenhum comentário: