27 de jan de 2015

Biblioteca do Museu Republicano dá início ao projeto memória oral

Fonte: Itu.com Data: 26/01/2015.
Autoria: Jéssica Ferrari.
A Biblioteca do Museu Republicano “Convenção de Itu” (MRCI-MP/USP), extensão da Biblioteca do Museu Paulista, integra oficialmente a Instituição a partir de 1995 quando da nomeação de sua primeira bibliotecária. Entretanto, suas origens antecedem cerca de uma década, e podem-se registrar iniciativas para sua criação, a partir do ano de 1986, por ocasião da reabertura do edifício histórico do Museu Republicano, após oito anos de fechamento para trabalhos de restauro.
Em 2015 completa-se vinte anos de trabalho ininterruptos, e a biblioteca do MRCI-MP/USP se consolidou como espaço de referência para a população local e regiões vizinhas, no que tange a informações sobre História e Cultura Material da sociedade brasileira, com ênfase no período entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX. Através de seu atendimento especializado, firmou-se como espaço de produção e geração de conhecimento para inúmeros estudantes, professores, artistas, jornalistas, entre outros pesquisadores que aqui encontraram acesso às ferramentas para desenvolvimento de suas pesquisas, fossem elas acadêmicas ou não.
Toda a trajetória da biblioteca tem sido registrada através de relatórios anuais que, pela característica do documento, nem sempre é capaz de isoladamente revelar os esforços, emoções, alegrias e dissabores dessas duas décadas. E para complementar essa lacuna de informação, a Biblioteca dá início no mês de fevereiro ao Projeto Memória Oral da Biblioteca do Museu Republicano “Convenção de Itu” – MP/USP, parafraseando iniciativa semelhante da Biblioteca Mário de Andrade (SP).
Serão coletados depoimentos orais de vinte pessoas, entre usuários, funcionários e ex-funcionários do próprio Museu, que tenham, de alguma forma, ligação com a Seção de Biblioteca e possam comunicá-las para registro e acesso ao público. A biblioteca entende que o projeto deve assegurar e preservar as impressões dos entrevistados que resultarão em banco de registro da cultura material e imaterial da instituição e o interesse dos estudantes, potenciais usuários ou, quiçá, futuros curadores de acervos igualmente importantes.
Ao possibilitar que diferentes vivências e perspectivas sejam narradas e reunidas em um grande acervo de fontes orais, o projeto de memória oral da Biblioteca busca erigir uma história comum de modo a contribuir para que os sujeitos que dela participaram - no dia a dia de trabalho ou como espaço de formação – sintam-se protagonistas de seu tempo e espaço social.

Os interessados em compartilhar suas memórias e impressões sobre a Biblioteca podem entrar em contato enviando mensagem para o e-mail biblmrci@usp.br ou pelo telefone (11) 4023-2525 – ramal 04.

Nenhum comentário: