5 de mai de 2015

Corrupteca: a biblioteca digital sobre corrupção

A palavra corrupção tem feito parte do dia-a-dia do brasileiro e nada melhor do que se informar por meio de artigos especializados, antes de opinar ou até se indispor com algum amigo partidário, por conta desse assunto.
A Corrupteca é uma biblioteca digital especializada em corrupção desenvolvida e mantida pelo Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas (NUPP) da Universidade de São Paulo. Seu objetivo é fomentar a pesquisa, ampliar a transparência e difundir informações sobre o fenômeno da corrupção, fornecendo subsídios para a formulação de políticas para seu combate por parte de pesquisadores e gestores públicos, para o aumento da qualidade da informação vinculada pela imprensa e para a ação cidadã da população em geral.
Com acervo aberto ao público e formado em sua primeira fase por cerca de 100 mil volumes digitais de texto completo, a Corrupteca reúne a produção científica específica sobre corrupção extraída de 48.567 periódicos científicos, disponíveis em 1.643 universidades e centros de pesquisa de 63 países que fazem parte do consórcio Open Archives Initiative (OAI), além do Acervo de Notícias ou Hemeroteca, que em parceria com o Acervo Digital do jornal O Estado de São Paulo, reúne notícias relativas à corrupção desde o ano de 1875.
A biblioteca tem por objetivo excitar a pesquisa, expandir a transparência e promover informações sobre os acontecimentos da corrupção, colocando à disposição informações que auxiliem na formulação de políticas, para o combate da corrupção por parte de pesquisadores e gestores públicos. Aumentando assim a qualidade da informação vinculada pela imprensa e para a ação dos cidadãos em geral, facilmente encontrada na *Coleção Casos.
É um acervo aberto ao público, em sua primeira fase em 2012 com mais de 100 mil volumes digitais de textos completos, inclusive de produções cientificas específicas, extraídas de quase 50 mil periódicos disponibilizados por 1.643 universidades e centros de pesquisas de 63 países. Países estes que fazem parte do consórcio OAI (Open Archives Initiative), isto é, um disseminador de conteúdos eficiente.
Em 2014 a plataforma da Corrupteca foi inovada, segundo um dos objetivos iniciais do projeto, a seria a melhoria continua dos informativos e do diálogo com o público e com as diversas instituições que utilizam e apoiam a Corrupteca.
Acesse o sitio da biblioteca e observe como avançaram no Plano Institucional, dividindo os acervos científicos dos acervos de notícias, facilitando a busca e a localização da informação. Ainda criaram quatro novas coleções: A Coleção Didática, A Coleção Nacional, A Coleção Corrupção nas Manchetes e em destaque citada acima a quarta, *Coleção Casos.

Para maiores informações ver o URL: http://corrupteca.web.versila.com/

Nenhum comentário: