23 de nov de 2016

A nomeação do bibliotecário, Cristian Santos, foi publicada na última sexta-feira (18) no Diário Oficial da União

Bibliotecário da Câmara dos Deputados, Cristian José Oliveira Santos, foi nomeado como o novo diretor do Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. A nomeação do bibliotecário foi publicada no Diário Oficial da União do dia 18 de novembro, sexta-feira. Lembrando que o Departamento estava sem comando desde o início do mandato do agora ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero.
Santos é o primeiro bibliotecário responsável pela pasta desde a sua criação. “Todas as atividades desenvolvidas pelo Departamento têm por fim democratizar o acesso ao livro e à biblioteca no país, fomentando práticas de leitura, em particular da literatura. A última edição do Retratos da Leitura do Brasil comprova que avançamos, ainda que timidamente”, avalia o novo diretor. Segundo ele, no DLLLB é necessário fortalecer o que já foi implementado e estabelecer novas frentes de atuação. “Nesse contexto de desafio (recursos escassos e projetos audaciosos), o trabalho em rede, envolvendo instituições públicas e privadas, é uma das melhores estratégias destinadas a aumentar a capilaridade das ações em prol dos brasileiros”, planeja.
O Diretor Cristian Santos é redator da Coluna Arenas na CRB-1 em Revista, exerceu cargo de conselheiro do Conselho Regional de Biblioteconomia da Primeira Região; e possui doutorado em Literatura e Práticas Sociais, mestrado em Ciência da Informação e graduação em Biblioteconomia, Letras (Língua e Literatura Francesas), Filosofia e Tradução, além destes títulos foi, também, agraciado com o Prêmio Casa de las Américas em 2016.
O DLLLB foi criado em 2008, e é responsável pela formulação, implementação, monitoramento e avaliação da política do MinC no campo do livro e da leitura. Em 2011, deixou de ser diretamente subordinada ao MinC e passou a reportar à Fundação Biblioteca Nacional. Em 2014, voltou a pertencer à estrutura organizacional do MinC onde ganhou mais importância e passou a incorporar na sua estrutura o Sistema Nacional de Bibliotecas (SNBP); o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler); e a Biblioteca Demonstrativa Maria da Conceição Moreira Salles – BDB, além das Coordenações-Gerais de Leitura e de Literatura e Economia do Livro.

Fonte: CRB-1. Data: 22/11/2016.

Nenhum comentário: