7 de set de 2011

Na Bienal, empresa lança biblioteca virtual com mais de 6 mil títulos

Na Bienal, empresa lança biblioteca virtual com mais de 6 mil títulos

Fonte: Portal G1. Data: 6/09/2011.

Autora: Carla Meneghini.

URL: http://g1.globo.com/bienal-do-livro/rio/2011/noticia/2011/09/na-bienal-empresa-lanca-biblioteca-virtual-com-mais-de-6-mil-titulos.html

Milhares de visitantes da Bienal do Livro, que acontece no Riocentro até domingo (11), saem do evento carregados de sacolas de livros comprados na feira. Mas chegando em casa, muitos deles enfrentam um outro problema: a falta de espaço para guardar as publicações.
O problema inspirou o empresário Jonas Suassuna, presidente da Editora Gol, a criar uma biblioteca virtual, em que uma variedade de títulos literários e didáticos fica armazenada na "nuvem".
O resultado foi apresentado nesta terça-feira (6), na Bienal, a plataforma Nuvem de Livros, que começa a funcionar em outubro. A ideia é que o assinante possa acessar todos os títulos que quiser de seu computador, tablet ou celular por uma taxa fixa. O acesso à biblioteca pode ter um custo semanal, de R$ 0,99, ou mensal, de R$ 4.
“O projeto nasceu há três anos como um sonho, e agora estamos entrando no ar”, conta Suassuna, que explica que o assinante não fará download dos livros digitais, mas fará a leitura online. “É como se a pessoa visitasse uma biblioteca e lesse os livros lá, sem levar para casa”, diz.
A biblioteca virtual já tem um acervo de cerca de seis mil títulos, sendo metade deles de obras literárias, vindos das 50 editoras parceiras. Os livros incluídos no sistema por meio de digitalizador de publicações. Um dos equipamentos usados no projeto ficará em exposição no estande do projeto até o fim da Bienal, no próximo domingo (11).
O sistema também oferece vídeos, aulas de idiomas e manuais. “É um conteúdo diversificado, que também pode ser importante para os alunos de municípios que não têm bibliotecas e para os estudantes de universidades a distância”, afirma o empresário, que está aproveitando a Bienal para expandir seu acervo e fechar novos contrato com editoras.

Nenhum comentário: