26 de dez de 2013

Novo número: Perspectivas em Gestão e Conhecimento

A revista Perspectivas em Gestão & Conhecimento acaba de publicar seu último número (v. 3, n. 2, 2013).
Os artigos podem ser consultados no URL:
Sumário:
Editorial
·       PG&C: breve retrospecto (1-3). Jorge de Oliveira Gomes, Luciana Ferreira da Costa.
·       Carta aos Leitores
·       Carta à comunidade científico-profissional da informação (4-5). Emir José Suaiden.
Artigos de Revisão
·       Construcción, gestion y evaluacion del conocimiento desde la práctica profesional: análisis desde el trabajo social (6-20). Enrique Pastor Seller, Raquel Torralba Planes, Rosario Lopez Lopez, Blas Jose Martinez Gallardo, Jose Antonio Romera Canovas.
·       Análise sobre as normas e dos indicadores de sustentabilidade  e a sua integração para gestão corporativa (21-36). Alexandre André Feil, Virgílio José Strasburg, Roberto Harb Naime.
·       Semiótica enquanto disciplina científica: uma ferramenta para uma comunicação eficaz (37-53). Maria Elizabeth Horn Pepulim, Francisco Antonio Pereira Fialho, Richard Perassi Luiz de Souza.
·       Uma arquitetura da informação para portais da inovação das universidades públicas brasileiras (54-74). Olival de Gusmão Freitas Júnior, Josealdo Tonholo, Victor Diogho Heuer de Carvalho, Thiago José Tavares Ávila.
·       Responsabilidade social internacional: conceituação, contextualização e aplicabilidade no âmbito do estado e das organizações (75-91). Marina Alves de Mendonça, Fernando Augusto Alves Vieira, Maria das Graças Targino.
Relatos de Pesquisa
·       Sinergias entre gestão do conhecimento e planejamento tecnológico: um estudo de caso (92-111).  ércules Antonio do Prado, Miguel Kojiio Nobre, Edilson Ferneda, Claudio
Chauke Nehme, Helga Cristina Hedler.
·       Atividades de gestão do conhecimento entre organizações de assessoramento empresarial de naturezas distintas: um estudo em empresas no estado do paraná (112-130). Cicero Aparecido Bezerra, Sandra Rodrigues Barbosa, Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo.
·       Conhecimento tácito ou explícito? a dimensão epistemológica do conhecimento organizacional na pesquisa brasileira sobre gestão do conhecimento (131-144). Marcos Mazurek Rodrigues, Alexandre Reis Graeml.
·       Indicação geográfica como instrumento de criação do conhecimento nos vales da uva goethe (145-160). Cristina Keiko Yamaguchi, Adriana Carvalho Pinto Vieira, Kelly Lissandra Bruch, Roseli Jenoveva Neto, Melissa Watanabe, Zeli Felisberto.
·       A relação da preocupação ambiental com compra declarada para produtos verdes no varejo: uma comparação da percepção do individuo com sua percepção de sociedade (161-176). Sergio Silva Braga Junior, Dirceu da Silva.
·       Responsabilidade socioambiental: estudo comparativo entre empresas de energia elétrica da região sul do brasil (177-195). Maria Luíza Gesser da Silveira, Elisete Dahmer Pfitscher.
·       A influência do capital intelectual sobre a performance dos projetos de software (196-217). Adriano Coser, Aran Bey Tcholakuian Morales, Paulo Mauricio Selig.
·       O mercado de software aplicativo: estudo do comportamento do cliente corporativo (218-236). José Marcos Carvalho de Mesquita, Cid Gonçalves Filho, Gustavo Quiroga Souki, Cristiana Fernandes de Muylder.
·       THE value of private information within evolving groups (237-243) Orlando Gomes, Rui Franganito.
·       Ética da informação em redes sociais virtuais: um caso controverso de serviço de informação socialmente institucionalizado (244-258). Huga Carla Alves de Farias, Aluisio Bruno Ataide Lima, Carlo Gabriel Porto Bellini, Rita de Cássia de Faria Pereira.
·       Una cartografía de las revistas científicas en ciencias sociales y humanidades en argentina: diagnóstico, evaluación y marcos de referencia (259-270). Gustavo Liberatore, Andrés Vuotto, Gladys Fernández.
·       A classificação arquivística por assunto em documentos fotográficos: o exemplo do arquivo público do distrito federal (271-279). André Porto Ancona Lopez, Pedro Davi Silva Carvalho.

·       Um estudo sobre o processo de tomada de decisão política para a ação de inteligência: a possibilidade de gestão da informação arquivística (280-299). Bruno Macedo Nathansohn.

Nenhum comentário: