26 de nov de 2014

Evento: bibliotecas e arquivos militares

Fonte: Portal Brasil. Data: 25/11/2014.

URL: www.brasil.gov.br/defesa-e-seguranca/2014/11/evento-debate-importancia-da-gestao-do-patrimonio-militar

Especialistas em tecnologia da informação, arquivistas e bibliotecários do Ministério da Defesa e das Forças Armadas participaram nesta segunda-feira da abertura do I Simpósio do Patrimônio Histórico e Cultural Militar, no auditório da Escola de Guerra Naval (EGN), no Rio de Janeiro (RJ).
O encontro, que se estende até o dia 28, também engloba o IV Encontro de Gestão de Arquivos Militares Brasileiros e o III Encontro de Profissionais de Bibliotecas Militares Brasileiras. O objetivo é debater novos processos de armazenamento e de gestão da informação de arquivos e bibliotecas.
Na solenidade de abertura, o secretário-geral do Ministério da Defesa, Ari Matos Cardoso, ministrou uma palestra inaugural ao lado de representantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de especialistas do Arquivo Nacional e da Biblioteca Nacional.
Em sua apresentação, o secretário exaltou a importância do encontro para preservar os documentos da área militar que compõem a memória do País.
Ari Matos destacou também a importância de essas informações serem compartilhadas com a sociedade de uma maneira geral. “Precisamos conhecer nosso passado, entender nossas raízes, para construirmos um futuro coerente”, disse o secretário-geral, lembrando que a Defesa foi uma das primeiras pastas a aderir completamente à Lei de Acesso à Informação (LAI).
O Simpósio
Com o tema principal o Acesso e Uso da Informação – Parceria Governo-Sociedade, o evento contará com 280 participantes.
Compartilhamento e Gestão da Informação, Direito e Tecnologia serão alguns dos assuntos do simpósio, que conta com a participação de professores de grandes universidades brasileiras, empresários e representantes de órgãos como a Fundação Biblioteca Nacional, a Empresa de Gestão de Documentos, o Conselho Regional de Biblioteconomia da 7ª Região e a Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro, entre outros.
Palestrante do evento, a chefe do Protocolo e Arquivo e presidente da Subcomissão do Sistema de Gerenciamento de Arquivos (SSIGA) do Ministério da Defesa, Nilza Azevedo, destacará a importância da inovação tecnológica nesse processo de armazenamento e de gestão de documentos.
A arquivista esclarecerá a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que dará mais agilidade aos processos, além de eliminar a tramitação dos procedimentos em meio físico, ou seja, um sistema em que todos os documentos serão digitais.
“Nossa meta é que, em 2016, o Ministério da Defesa e todas as Forças tenham aderido ao SEI. Assim, teremos nossos arquivos seguros e de forma integrada”, explica.

A bibliotecária do ministério, Miraildes Alves Regino, discutirá, em sua apresentação, a importância da integração da informação. “Estamos na era da informação. A moeda não é mais o capital, e sim as informações”, declara a bibliotecária, que implantou a Rede de Bibliotecas do Ministério da Defesa (REBIMD), projeto que integra os acervos bibliográficos de todas as Forças.

Nenhum comentário: