25 de nov de 2016

100 anos do Samba: Biblioteca Nacional faz homenagem

Para comemorar o centenário do samba, celebrado em 27 de novembro, a Fundação Biblioteca Nacional inaugura a exposição virtual “Ai, ai, ai… cem anos o samba faz!”. A mostra, composta por mais de 40 itens, resgata a memória do ritmo brasileiro nascido a partir do registro de Pelo Telephone, do músico e compositor Donga, no departamento de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional.
Em 1898, com a promulgação da Lei n º 496, que definiu e garantiu os direitos autorais, os músicos da época puderam registrar suas composições. Em 27 de novembro de 1916, o samba ganhou “certidão de nascimento”, tornando-se a primeira música identificada como tal a fazer sucesso.
Dentre as peças da exposição, estão a partitura original de “Pelo Telephone” (1916) e algumas canções como ‘Ai que saudade da Amélia’ (Mario Lago e Ataulfo Alves), ‘A flor e o espinho’ (Nelson Cavaquinho) e ‘Ave Maria no morro’ (Herivelto Martins).
Serviço:
Exposição virtual ‘Ai, ai, ai… cem anos o samba faz!’

Período: a partir de 27/11/16.

Nenhum comentário: