9 de fev de 2012

Comunidades de Jaguariaíva (PR) recebem bibliotecas Arca das Letras

Fonte: Em Rondônia.com
URL: www.ariquemesonline.com.br/textos.asp?codigo=25650
O Programa Arcas da Letras do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) entrega, nesta quinta-feira (2), quatro bibliotecas rurais para comunidades do município de Jaguariaíva , no estado do Paraná. Também serão diplomados oito agentes de leituras, responsáveis por cuidar das arcas, ampliar o acervo e incentivar a leitura.
Receberão bibliotecas rurais as seguintes comunidade: Cadeado, Morro Azul, Gentio e Chapadão. Os móveis–arca foram doados pela prefeitura municipal e o MDA forneceu os acervos bibliográficos, os materiais de trabalho dos agentes de leitura e de divulgação comunitária da biblioteca.
No Paraná, o Programa Arca das Letras está em funcionamento em 312 comunidades rurais, disponibilizando para mais de 30 mil famílias livros de literatura brasileira e estrangeira para crianças, jovens e adultos; didáticos para pesquisa escolar e técnicos sobre produção, cidadania, saúde, educação, arte e cultura. Para doar os móveis-bibliotecas (arcas), o MDA contou com o apoio e parceria da Eletrosul, Programa Luz para Todos, Ministério de Minas e Energia, Banco do Brasil e prefeituras municipais, que ajudaram na articulação e mobilização das comunidades para que recebessem as arcas.
Colônias de pescadores também receberão arcas
Nos próximos meses de 2012 estão previstas ações do Programa Arca das Letras em mais 100 comunidades rurais e 10 colônias de pescadores, onde serão implantadas bibliotecas e formados 220 agentes de leitura que vão cuidar das atividades junto aos moradores do campo, resultado de parceria com a Eletrosul, do Sistema Eletrobrás.
As arcas estão sendo fabricadas na Penitenciária de Chapecó (SC), onde os sentenciados aprenderam o ofício da marcenaria e receberão bolsa remunerada por cada unidade produzida. A parceria com a Eletrosul vai beneficiar também os estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, cada um com 110 bibliotecas, e Rondônia com 60, num total de 500 bibliotecas para comunidades rurais e colônias de pescadores.
Sobre a Arca das Letras
Criado pelo MDA em 2003, o Programa Arca das Letras implantou em todo o país 8,8 mil bibliotecas rurais. Até agora, o número de livros distribuídos já passa de 1,5 milhão, beneficiando mais de 800 mil famílias do campo. A administração das bibliotecas é feita por agentes de leitura, que contribuem para melhorar os índices educacionais de suas comunidades e valorizar a cultura no meio rural.
Para a coordenadora do programa Arca das Letras, Cleide Soares, as bibliotecas rurais contribuem para a melhoria da educação no campo e ampliam os índices de leitura na população rural. “A experiência permite afirmar que a população rural tem gosto especial pela leitura, é comum encontrarmos leitores que lêem 20 ou 40 livros por ano nas comunidades rurais. A chegada do projeto Arca das Letras nas comunidades rurais proporciona alfabetização a todas as idades, os livros são selecionados de acordo com interesse e a necessidade de cada comunidade”, afirma.
As bibliotecas são instaladas na casa de um morador, ou na sede de uma associação rural. As comunidades escolhem os assuntos que formam os acervos, o local onde a biblioteca funcionará e indicam os moradores que serão capacitados como agentes de leitura. Os acervos contêm livros nas áreas de literatura infantil, para jovens e adultos, de saúde, agricultura, meio ambiente e livros didáticos para pesquisa escolar.

Nenhum comentário: